Publicado em: 26/11/2018 ás 15:01:00 Autor: Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Diamantino por meio da secretaria de Educação e Cultura, em parceria com a Cooperativa de Crédito Sicredi, Programa União Faz a Vida e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), realizou na noite da última sexta-feira (23), a finalização dos projetos educacionais desenvolvidos nas escolas municipais durante o ano de 2018.

O evento aconteceu no salão de festas Vila dos Parecis e contou com a participação expressiva da comunidade. Para o prefeito Eduardo Capistrano, a educação é prioridade para administração municipal. “ Nós estamos muito felizes com a mostra e apresentação das nossas crianças. Essa é uma parceria com o Sicredi, Programa União Faz a Vida e Sebrae, desenvolvendo o empreendedorismo dentro das escolas com o intuito de valorizar a educação empreendedora das crianças e adolescentes, ” conclui Eduardo.

Implantado em Diamantino no dia 16 de junho de 2017, o Programa União Faz a Vida propõe uma metodologia educacional de estímulos diferenciados para que o aluno aumente seu interesse pelo conhecimento. De Acordo com o gerente da Cooperativa Sicredi, Edson Barth, a intenção é ampliar o programa para escolas de outras redes educacionais. “Nesse primeiro ano de programa, os alunos fizeram projetos maravilhosos nas escolas municipais e esperamos que ano que vem, a gente consiga estender para as escolas estaduais e particulares”, pontua Barth.

Ao longo do ano foram executados cerca de 98 projetos, com a participação direta de 92 professores que atuaram em 12 escolas de Diamantino. Projetos de horticultura, artesanato com matérias recicláveis, maquetes, produtos alimentícios e outros, foram apresentados para o público presente.

Para a secretária de Educação, Edith Marmos, a noite foi de gratidão pela dedicação dos educadores e pelo bom desenvolvimento dos alunos. “Eu quero agradecer principalmente os profissionais de educação e os alunos que se envolveram em mais esta ação da educação em nosso município, ao prefeito Eduardo Capistrano que atendeu o meu pedido para estar implantando o projeto nas escolas, agradecer ao Sicredi, agradecer também ao Sebrae que apoiaram no desenvolvimento dos excelentes projetos em nossas escolas”, expressa Marmos.

 

Notícias relacionadas