Publicado em: 14/09/2017 ás 09:08:00 Fonte: TCE-MT

A equipe de gestão que compõe a Prefeitura e as secretarias de Diamantino participou, ao longo dos dias 12 e 13 de setembro, de capacitação no Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) sobre o sistema de Gerenciamento do Planejamento Estratégico (GPE). O município é adeso ao Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) e vem recebendo, por parte do TCE de Mato Grosso, conhecimento, metodologias e tecnologia voltadas à efetiva execução de políticas públicas. Através do GPE, é possível centralizar, numa única ferramenta, informações que facilitem o monitoramento para a execução do planejamento e das metas no município.

Conforme avaliou o coordenador do PDI no município e assessor de planejamento, Bruno Capistrano, o trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início deste ano, com a transição para a nova gestão no âmbito dos poderes executivos municipais, permitiu que Diamantino tivesse uma referência a ser seguida quando definiu suas metas estabelecidas em seu Planejamento Estratégico.

"Nós reunimos informações de cada secretaria para conseguir desenvolver o trabalho, traçar metas e atingir o objetivo do PDI. Percebemos uma maior integração entre os responsáveis pela gestão, desde o início do ano, quando tivemos diversas reuniões com os consultores do Tribunal de Contas, que nos treinaram e orientaram em nossos passos", afirmou.

A metodologia de planejamento tem sido levada tão a sério pelo município, que a gestão foi convidada a palestrar sobre o PDI ao curso de Administração da Secretaria do Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Secitec). "Nós tivemos uma plenária da administração, com análise de desempenho. Fomos convidados para falar sobre PDI, que tem esse escopo de monitoramento, para saber se está atingindo metas. Apresentei o programa, comentei sobre as reuniões, treinamentos, o suporte técnico que recebemos e o objetivo que é a gente atingir a comunidade com boas práticas de gestão", completou.

De acordo com o facilitador do curso e responsável pelo Projeto 1 de Apoio ao Planejamento Estratégico do PDI, José Marcelo Perez, esta capacitação é um trabalho de base, que proporcionará meios para os servidores operacionalizarem o sistema. "Significa dizer que eles vão ter o controle das metas, dos objetivos, das ações que estão desenvolvendo. O prefeito vai ter a todo momento um panorama do município, se os índices estão evoluindo na área da Educação, da Saúde", pontuou.

Atualmente, o PDI conta com 24 municípios adesos. A meta do TCE-MT é alcançar, até 2021, um total de 40 municípios aplicando-o integralmente. O Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) foi criado em 2012 com base na própria expertise adquirida pelo TCE-MT com o planejamento estratégico, a utilização de novas tecnologias e a função orientadora para disseminar práticas de boa governança. Além do projeto 1, o PDI é composto por outros cinco projetos. São eles: projeto 2 - Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã; projeto 3 - Orientação por meio de Cursos Presenciais e a Distância; projeto 4 - Controle Gerencial utilizando o sistema Geo-Obras; projeto 5 - Modernização Institucional e 6 – TCEndo Cidadania.

Notícias relacionadas