Publicado em: 30/10/2017 ás 10:15:00 Autor: Assessoria de Imprensa

O Procurador Geral de Justiça de Mato Grosso, Mauro Curvo, esteve reunido na última sexta-feira (27), no município de Tangara da Serra (245 km de Cuiabá) para discutir a realidade do Consórcio Intermunicipais de Saúde das regiões de Tangará da Serra e Diamantino (182 km de Cuiabá).

A reunião aconteceu no gabinete do prefeito Fábio Junqueira, e contou com a presença do prefeito de Diamantino, Eduardo Capistrano, do presidente da Associação Mato-grossense dos Munícipios, Neurilan Fraga e demais autoridades dos munícipios que são atendidos pelos consórcios.

Com o objetivo de ajudar os Hospitais do interior do Estado de Mato Grosso, o Procurador acredita, que a compra coletiva de medicamentos e serviços hospitalares poderá ajudar na gestão das unidades de saúde e resolver a questão da falta de recursos. “A gente vem trabalhando junto com as Associação Mato-grossense dos Munícipios, com o Tribunal de Contas, com as Secretárias de Saúde, com o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde, para a estruturação de um consórcio, pra que esse consórcio faça a aquisição de todos os medicamentos, equipamentos, materiais hospitalares e serviços na área da saúde. Pra gente ganhar economia fiscal e fazer com que o remédio chegue em quem está precisando. Que é o cidadão mato-grossense,” afirmou Mauro Curvo.

Nesse mesmo dia, atendendo o convite do Prefeito, Eduardo Capistrano, que é o atual presidente do consórcio de saúde da região, Mauro Curvo e Neurilan Fraga visitaram o Hospital São João Batista em Diamantino. Na ocasião o Procurador conheceu de perto a triste realidade que se encontra o hospital. “Precisa melhorar e muito, aqui mesmo no hospital (se referindo ao Hospital São João Batista), a gente precisa aqui que o Estado  ajude a manter essa estrutura, ” pontuou Mauro Curvo.

O objetivo da visita do Procurador Geral é saber como funcionará, na prática, todo sistema de “compra coletiva” de medicamentos e insumos de saúde, para implantar de forma concisa e mais eficiente em todos os consórcios regionais de Mato Grosso.

O prefeito Eduardo Capistrano apresentou o Pronto Atendimento para o procurador e o presidente da AMM, o P.A. de Diamantino atende procedimentos de urgência e emergência e também é referencia regional de sáude. Para o prefeito de Diamantino as unidades da cidade estão recebendo todos os investimentos necessários por parte da adminstração municipal, ele afirma que investimentos no setor da saúde deveriam ser prioridade regional e estadual.
"Estamos juntos com a AMM, encampando a montagem de um Consórcio de Medicamentos. O que seria este Consórcio? Os municípios irão comprar juntos para baratear esses valores, a ideia é de que o consórcio faça a compra dos medicamentos para os municípios. A intenção é econimizarmos de 40 a 50% nestas compras, e assim investirmos mais na saúde de Diamantino e região", disse Eduardo.

O prefeito municipal, Eduardo Capistrano, elogiou a iniciativa dos representantes do MPE e AMM, e se colocou à inteira disposição para auxiliar e repassar todas as informações necessárias para a formação do Consórcio de compra de Medicamentos e Insumos hospitalares.

Notícias relacionadas