Publicado em: 24/04/2018 ás 08:31:00 Autor: Assessoria de Comunicação Fonte: indea MT

O Estado possui 30,250 milhões de bovinos e bubalinos, número que continua aumentando, juntamente com a qualidade e prevenção da criação. A informação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), reforça o potencial produtivo regional e a importância da participação do produtor rural na imunização do rebanho.

O mês de maio é mês da campanha de vacinação contra febre aftosa, para proprietários com animais em diversas regiões do Estado de Mato Grosso. O órgão responsável pelo acompanhamento e fiscalização da vacinação, Indea/ULE Diamantino comunicou que a vacinação é obrigatória para bovinos e bubalinos de “ mamando a caducando” e o prazo vai até o dia 31 de maio.

O prazo para comunicar o Indea/MT é até 10 de junho de 2018. Para sanar quaisquer dúvidas os interessados poderão ligar no telefone (65) 3336-1724 ou comparecer ao escritório do Indea de Diamantino, na Rua Dezoito de Setembro, n.º 99 no Centro da cidade.

Desde 2005, as etapas de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso alcançam índices superiores a 99%, aponta o Indea. Esses resultados garantiram ao Estado o status de zona livre de febre aftosa com vacinação, como reconhece a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Notícias relacionadas